FotoPoesia

Uma bebida só nossa


Em meu copo ainda há marcas do seu batom
Da última vez que brindamos
Drinks de tentações
Embriagados
No vício de mais um gole

Bebo e sinto tudo esquentar por dentro
A cada gole
Vou me embriagando até cair
Você é inebriante
E há uma bebida só nossa
Servida pra nos dá prazer

O suor escorre em seu decote
Molhando sua blusa
Imagino seu corpo molhado
Tão exposto pra mim
Minhas mãos deslizam nesse labirinto
Onde a saída é te possuir

Estou tonto
E tudo se move ao meu redor
Meu equilíbrio está em completa desordem
Cambaleando nessa precipitação de te beber

A cada gole
Vou me embriagando até cair
Você é inebriante
E há uma bebida só nossa
Servida pra nos dá prazer