Sentimentos Cotidianos

Um sonho bom

Eu sou um sonho bom, indescritível. Quando você sonha comigo, deseja não mais acordar. Eu sou o nó que aperta a sua garganta. O grito que você queria ter pra dar. Sou a certeza de jamais duvidar. Eu sou o motivo que te leva a repousar. E, quando anoitece, você adormece só pra me encontrar. Essa foi a maneira que encontrou de não me deixar ir embora, e se eu for, saberei que voltou a sonhar. Implora me pedindo pra ficar, e só assim seus olhos ficariam abertos. Mesmo deitada ao seu lado, o sol irá nascer, e continuará sonhando comigo. Um sonho bom, que você quer sonhar só pra me encontrar.

Falo em olhar pra alguém com uma profunda fragilidade. Sem medo de mostrar os seus pontos mais vulneráveis. Sem apego, sem dependência, sem posse. Quando você sonha comigo, eu tenho o poder de te entender com o olhar. De chorar através dos seus olhos. Sou cúmplice das suas dores. A companheira da sua vida. A invasora da sua alma. Eu sou o seu sossego, o seu cheiro, o seu segredo. Um sonho sem regras, sem rédeas, um sonho bom. Eu sou a sua doçura, a sua loucura, a sua paixão. O aroma penetrante que vem da minha pele quando toca a sua, e tudo flui num soneto de alma pura. Eu sou o seu vício, o seu prazer, um sonho bom pra se sonhar. Falo também de sinceridade, carinho, verdade, isso é sobre eu e você.

Quando sonhamos sozinho, temos sonhos ruins. Mas acordamos para os sonhos bons que não prestávamos atenção. Um sono tranquilo e profundo. Um sonho que queremos sonhar pra encontrar aquela pessoa feita só pra nós. Que aceita os nossos defeitos, os nossos erros, as inúmeras fraquezas. Simplesmente, pra amar sem compreender os mistérios de um sonho bom. Quando sonhamos juntos, nos sentimos verdadeiramente felizes. Um só em dois… Sonhe comigo!

* Se você quiser pode ler ouvindo: “Wildest Dreams”.