Sentimentos Cotidianos

Tua Alma na minha Alma

Acordo todos os dias com você em meus pensamentos incertos. E já faz algum tempo desde a última vezes e eu ainda sinto o seu olhar em mim. Não entendo porque você fica insistindo em enganar o querer, lutando, fugindo, fingindo que não me quer. O que iremos dizer um ao outro nem sempre será doce. Eu devo chorar um pouco, você também, talvez eu me desespere e chore até um pouco mais que você. Mas vamos chorar juntos, pra depois sorrir quem sabe dessa tristeza que já se despediu.

difusa-confusa

Tudo o que sinto está encorpado em mim, como um lembrete fixo que tem a cor dos seus negros olhos. Ainda prefiro morrer em teus braços do que não tentar desvendar os mistérios que nos uni. Sobre a mania da alma de andar meio nua e sem limites pro querer. Essa mania meio boba de fugir mesmo querendo ter a minha alma nua. O medo inibe o viver e essa nossa óbvia brevidade nos obriga a assumir todos os possíveis riscos. Senão nada faz sentido, melhor velar.

Pare de enganar o querer, eu também já sofri e já chorei. Pare de lutar, fugir, fingir que não me quer. Sinto a tua alma encostar na minha mesmo distante e, talvez por isso queira ainda mais, sinta ainda mais e mais. Não deixe o sentimento morrer. Eu sinto e sei que você também sente e me quer. Quando você me olha com a tua alma, eu me sinto sua. Quando vem tão repentinamente e seca a minha alma nua. É como eu me sinto, tua, nua. É como eu consigo te sentir meu, nu. É como eu sei lidar, consumindo tudo o que sinto. É como eu sei amar, esfregando a minha alma na sua.

Então, eu sou sua finalmente, exposta e crua. Em um segundo, a tua alma na minha alma nua tão exposta e crua, pela primeira vez sou sua, finalmente sua. Se me quer, se me tem, se me deseja, que eu seja sua, completamente nua. A minha boca na sua, sua boca na minha, pra me virar do avesso e eu virar a sua alma nua, completamente sua. Somos instantes que se entregam, consumindo todo o nosso querer. Agora faz sentido, melhor viver.

* Pra ficar ainda melhor escute a canção “The Promisse