FotoPoesia

Sweet Water

Isn’t it strange how we come and leave from each other’s lives?
Suddenly, yet we will never know
Love can hurt, it’s dangerous
But how can we be immune to pain?
Floating can hurt, it’s sweet water

When your soul  swims
You dive deep into the sweet water of my heart
Love can hurt, it’s dangerous
But how can we be immune to pain?
Floating can hurt, it’s sweet water

I’m silence again like a first time  I met you
This isn’t strange, it’s difficult to let you go
I don’t want you to leave

This isn’t strange, it’s dark to miss you
I can’t imagine your boat sailing
This sweet water will take you far away
I can’t imagine your boat is floating away

TRADUÇÃO…

Água Doce

Não é estranho como nós viemos e abandonamos a vida uns dos outros?
De repente, porém nunca saberemos
O amor pode doer, é perigoso
Mas como podemos ser imunes à dor?
Flutuar pode doer, é água doce

Quando sua alma nada,
você mergulha profundamente na água doce do coração.
O amor pode doer, é perigoso
Mas como podemos ser imunes à dor?
Flutuar pode doer, é água doce

Fico em silêncio novamente como a primeira vez que te conheci.
Isso não é estranho, é difícil deixar você ir
Eu não quero que você vá embora

Isso não é estranho, está escuro para sentir sua falta
Não consigo imaginar o seu barco indo embora
Esta doce água irá levá-lo para longe,
não consigo imaginar que seu barco está flutuando

* Pra ficar ainda melhor escute a canção “Riptide”.