VídeoPoesia

SINTO NO OLHAR, na voz de Elis Sales

Quem sente dor ao olhar não sabe explicar, apenas sente. Há sentimento no olhar, dor, alegria, aperto, fadiga, cansaço. Sem pronunciar, basta olhar pra permitir que seus sentimentos sejam totalmente explícitos. É um engano pensar que conseguimos esconder algo por muito tempo. Numa percepção que nossos olhos se movem a todo tempo diante dos inquestionáveis acontecimentos.

Mudamos o rumo, caminhamos lentamente e rapidamente, calejamos os pés descalços. Mas continuamos na estrada da vida, não adianta parar, reclamar ou desviar o olhar. É preciso sempre seguir em frente com o olhar fixo no presente. O poema “Sinto no Olhar” é uma melodia chorosa e sensível, que ganha uma sonoridade macia na voz de Elis Sales.

Abra seu olhar para as dores do mundo. Não somente as suas dores, escute o coração do peito ao lado que encosta no seu. Há outros olhares que pronunciam suas dores através de chiado suave. Consegue escutar? Consegue enxergar? Então, Sinta no Olhar.