Sentimentos Cotidianos

Me Afoga

Quando a gente mergulha fundo em uma paixão a gente perde o juízo. A gente ver tudo colorido, o dia vira noite e a noite vira uma noitada longa. A gente fica meio tonto nesse emaranhado de sentimentos, feito adolescentes aventureiros. A gente vive de forma acelerada e intensa, e já não quer saber de mais nada.

mergulho-crop

Quando esse tsunami de sensações invade o coração e nos arranca o chão, nos faz perder a noção de tempo e espaço. A gente faz amor com fúria devastadora, desejando, enlouquecendo, delirando, implorando por eternidade. De vez em quando deixa marcas, a gente chora até debaixo d’ água e se dissolve no oceano infinito de mágoas. Ainda assim prefiro os gritos e as lágrimas do que o silêncio sereno da solidão.

Meu coração quer tanto se afogar numa paixão, sem medo do amanhã. Eu não quero que você pense, eu quero que você se afogue comigo. E se fugir, eu atravesso o mar das incertezas a nado, porque eu preciso viver, transcender, me afogar em você. Eu gosto de sentir essa sensação de falta de ar, tudo isso me faz viva e eu volto a respirar. O sangue ferve apaixonado até nas águas mais escuras e geladas.

Apesar de todo o medo que ainda existe em você, confia e me abraça, agarra-me com toda a força da tua alma e diz que vai me salvar. Me afoga em teus lábios, me beija, e arranca do peito todo o medo que um dia alguém depositou. Vamos arriscar tudo e mergulhar fundo no que ainda nos restou.

Quando a gente encontra uma mão para entrelaçar a nossa, os dedos pedem amor. Vamos, vem sem medo, me salva… se salva.

* Pra ficar ainda melhor escute a canção “Sentimento