VídeoPoesia

FLOR, na voz de Elis Sales

Olha só, veja bem, o amor floresce no jardim de quem rega. E lá tudo floresce e vem surgindo e vem vindo, mas ainda espero a única flor que é você, brotar. Olha só, veja bem, entre nós não há mais ninguém além de nós dois. E quando a noite vem, não compreendo bem. Mas vejo uma única flor no jardim, mesmo que florido. Aliás, acho que sei, mas insisto em não saber. Que além de mim há tantas outras fragrâncias vindas de exuberantes flores, que exalam palavras não ditas. Nesse jardim da vida, um silêncio que não termina. Sinto no regar muito mais do que possa imaginar. Além do mais são cores, formas, texturas e cheiros. São flores, é flor, a única.

Bem vindo ao meu jardim – “Flor” é um poema curto, mas que diz muito. Olha só, a delicadeza que exala na voz feminina de Elis Sales ao interpretar tanta poesia viva. Ela é uma flor linda e sutil, como o poema Flor.

Chega mais perto, veja bem, vem, são encantos, são perfumes. Nada tão belo e tão contemplador, viver inteiramente e completamente o desabrochar de uma flor. Ao mesmo tempo que transforma e liberta os mistérios da estação. Um Poema que nos fará refletir, encontrar a flor em nosso jardim. Ou ser apenas, flor. Se for, que seja, flor… Bem vindo, poesia, floresça!