Sentimentos Cotidianos

Hoje é Dia de Sorte

Sobre a sorte e outras coisas. Como uma das mais belas e envolventes sensações, de ir se embriagando, no dia de hoje. Deixar ir, deixar vim. Ter coragem pra se permitir sentir. O melhor da vida é insano, em questão de segundos tudo muda, e um novo começa. A loucura invade toda vez que nossos corações vibram. Não entendemos quase nada, mas não desistimos por acreditar. A sorte está nas veias da esperança.

Sou das águas. Foto: Laila Guedes

Não sei se você sabe que ficar ou não ficar independe de mim – o mais difícil é quando temos a consciência disto. Lembranças vão e vem, as águas marulham inundando todos os meus planos. Sou tão insana que por um instante pensei que deixar ir é perder. E insistia, teimosa, a perda. Mas esses dias, pensando bem, parei de insistir. Por sorte, imagino-a, indo pra bem longe, depositando toda minha confiança no oceano infinito de amor. Muito mais do que um fim meramente decisivo, olhando dentro dos meus próprios olhos, refletir. Temos o poder da escolha, mas não definimos sobre as coisas que realmente importam. Eu vou fechar os olhos agora. Porque perder vai além de deixar ir, e independe de mim. Sou um peixe que aprendeu a voar numa praia deserta de pés. Sou filha dessas águas que me reconhece nos detalhes e sinto seu amor, toda vez que estou mergulhada em seus braços. E pensei, que sorte. Em tudo há amor, no ar, no mar, no céu, na terra, num afluente, por todo lugar que decidir passar. Eu posso sentir seu coração. Mas quando os céus tocarem o mar, a única coisa que teremos como certeza será o amor, e por isso já temos tudo. Que sorte a minha ter o dia de hoje.

Comecei a procurar o que havia perdido e questiono mais uma vez, preocupada, até que relaxo a mente. Então, chorei quase nada. Esses dias percebi que eu nunca tive propriamente o que se chama de “perder”, porque simplesmente a gente não perde o que nunca teve. Apenas deixo ir, por não fazer mais parte do meu caminho. Pra tudo tem um tempo em nossas vidas, e vivemos. Mas se tem que acabar, fique feliz pela mudança na areia. Agradeça sempre, porque as coisas acontecem como tem que acontecer. E diga adeus segurando firme nas novas histórias que irá escrever. Hoje é dia de sorte e tudo pode acontecer!

Sou uma fênix misteriosa, e o que anseio por descobrir permanece nas profundezas dessas águas, esperando a hora de emergir. E, se eu me perder que seja por amor, perdidamente apaixonada pela vida!

* Pra ficar ainda melhor escute a canção “Say (All I Need)“.