Uncategorized

Breath of Life

Meeting place of forest and sea
Strong winds shake trees up
When tides are high
I can see the moon
even on a sunny day,
The moon runs through the clouds,
All drawings are made and undone
by a silky white breath.

Winds are crying,
behind the dark bushes
You never know about the breath of life
The song of seagulls,
The evocative smell of fresh sea air
Although all of them are unmistakable
As when you gently touch yourself

Shy and graceful,
We’re flying by a silky white breath
to harvest the sunflowers inside us
a place of seething seas and sun

A wave crashes on the horizon
at the end of the cloud,
where the sky tastes the salt water,
the rays of light hit the forest
Between the trees,
the smell of wet grass
Glowing flowers growing up
the feeling of home,
Although all of them are unmistakable.

Shy and graceful,
We’re flying by a silky white breath
to harvest the sunflowers inside us
a place of seething seas and sun

Growing a living cloak
on diving waves wings
The breath of life
Giving shelter to all within

TRADUÇÃO

Lugar onde a floresta encontra o mar
Ventos fortes agitam as árvores
Quando as marés estão altas
Eu posso ver a lua
mesmo em um dia ensolarado,
A lua atravessa as nuvens
Todos os desenhos são feitos e desfeitos
por uma respiração branca e sedosa.

Os ventos estão chorando
atrás dos arbustos escuros
Você nunca sabe sobre o sopro da vida
O canto das gaivotas
O cheiro evocativo do ar fresco do mar
Embora todos sejam inconfundíveis
Como quando você se toca suavemente

Tímida e graciosa
Estamos voando por uma respiração branca e sedosa
para colher girassóis dentro de nós
num lugar de mar agitado e sol

Uma onda cai no horizonte
no final da nuvem,
onde o céu prova a água salgada,
os raios de luz atingem a floresta
Entre as árvores,
o cheiro de grama molhada
Flores brilhantes crescendo
o sentimento de lar,
Embora todos sejam inconfundíveis.

Tímida e graciosa
Estamos voando por uma respiração branca e sedosa
para colher girassóis dentro de nós
um lugar de mar agitado e sol

Cultivando um manto vivo
nas asas das ondas onde mergulho
O sopro da vida
É nosso abrigo de dentro.