VídeoPoesia

AMAR, na voz de Diogo Baleeiro

Sobre mergulhar meu olhar, o amor vem nos contar, como é bom amar o mar de todos os dias, e se encantar como se fosse a única vez. Além das ondas desse amor, lembranças que jamais esqueceremos. Tem tanto ar lá fora e aqui dentro de nós, percebemos que o amor não se esgota.

Convido Diogo Baleeiro a mergulhar no poema ‘Amar’. Fascinado por águas poéticas – há amor no recitar, no jeito de sorrir, no jeito de olhar, no jeito de falar! E nos conduz a navegar neste mar que há dentro de quem sabe amar.

No mais inspirador dos fenômenos da natureza, o mar, encontro o amor que tanto procurava. Onde senti coisas que jamais conseguiria sentir sozinha, navegando pelas águas do insondável coração. Neste momento, as emoções haviam se tornado largas como o mar, mas tão transparente quanto a indisfarçável maneira de amar. Através dos reflexos do espelho d’água, eu prefiro mergulhar nas profundezas desse amor. Respira fundo e vem comigo!